A carta Francês

Compartilhe esse artigo com seus amigos:

A Carta do ambiente 2004 lê:

"O povo francês,

"Considerando,

"Que recursos e equilíbrios naturais têm condicionado o surgimento da humanidade;

"O que o futuro ea própria existência da humanidade são inseparáveis ​​do seu ambiente natural;

"Esse ambiente é a herança comum de seres humanos;

"Esse homem tem uma influência crescente sobre as condições de vida e sua própria evolução;

"O que a diversidade biológica, o desenvolvimento pessoal e de progresso das sociedades humanas são afetados por certos padrões de consumo ou produção e por exploração excessiva dos recursos naturais;

"Que a preservação do meio ambiente deve ser procurado, bem como outros interesses fundamentais da nação;

"Isso, a fim de garantir o desenvolvimento sustentável, as escolhas projetado para atender as necessidades do presente não deve comprometer a capacidade das gerações futuras e outros povos para satisfazer as suas próprias necessidades;

"Proclame:

"Art. 1er. - Todo mundo tem o direito de viver de forma equilibrada e respeitosa do ambiente de saúde.

"Art. 2. - Toda pessoa tem o dever de participar na preservação e melhoria do ambiente.

"Art. 3. - Cada pessoa deve, nas condições definidas por lei, evitar danos, é susceptível de causar ao meio ambiente ou, na sua falta, limitar as consequências.

"Art. 4. - Todos devem contribuir para reparar os danos causados ​​ao meio ambiente, nas condições definidas por lei.

"Art. 5. - Quando a ocorrência de qualquer dano, embora imprevisível no estado do conhecimento científico, pode seriamente e de forma irreversível o ambiente, as autoridades públicas, através da aplicação do princípio da precaução e em suas áreas de responsabilidades na implementação de procedimentos de avaliação de risco e à adopção de medidas provisórias e proporcionadas para evitar os danos.

"Art. 6. - As políticas públicas devem promover o desenvolvimento sustentável. Para este fim, eles conciliar a protecção e valorização do ambiente, o desenvolvimento económico eo progresso social.

"Art. 7. - Toda pessoa tem direito, nas condições e limites definidos pela lei, o acesso à informação sobre o ambiente detida pelas autoridades públicas e de participar nas decisões públicas que afetam o meio ambiente .

"Art. 8. - Educação e formação em meio ambiente deve contribuir para o exercício dos direitos e deveres estabelecidos na presente Carta.

"Art. 9. - Investigação e inovação deve dar o seu apoio à preservação e valorização do ambiente.

"Art. 10. - Esta Carta deve inspirar a acção europeia e internacional da França. "

segundo: http://www.assemblee-nationale.fr/

comentários do Facebook

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *