Washington continuou a piorar o aquecimento global


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Um juiz federal em San Francisco limpou a 24 de agosto, uma coalizão de organizações ambientais e cidades dos EUA para trazer acusações contra o governo dos Estados Unidos. Os demandantes - o Greenpeace ONG e Amigos da Terra e as quatro cidades de Oakland, Santa Monica, Arcata (Califórnia) e Boulder (Colorado) - Duas agências federais criticaram desenvolvimento da América - Overseas Private Investment Corp. e Export-Import Bank - projetos de petróleo e gás no exterior finanças tendo um efeito negativo sobre as alterações climáticas.

"Esta é a primeira vez que a justiça norte-americana permite que os cidadãos de processar por danos causados ​​por projetos industriais que contribuem para o aquecimento global", diz o San Francisco Chronicle. A queixa, apresentada em 2002, solicitar que as agências de ofensivos, cujos diretores são nomeados pelo presidente dos Estados Unidos, "projetos de desenvolvimento de energia alternativa fundo para o ambiente mais respecteuses do que os combustíveis fósseis", relata o diário.

Segundo a denúncia, "o financiamento de projetos de petróleo e gás, incluindo centrais eléctricas, campos de petróleo, oleodutos e gasodutos, ascendeu a 32 bilhões em dez anos. Mas esses projetos estão causando a liberação de mais 2,1 bilhões de toneladas de dióxido de carbono e metano a cada ano, cerca de 8% do total mundial e quase um terço das emissões dos Estados Unidos. "

fonte


comentários do Facebook

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *