Washington continuou a piorar o aquecimento global


Compartilhe esse artigo com seus amigos:

Um juiz federal em San Francisco limpou a 24 de agosto, uma coalizão de organizações ambientais e cidades dos EUA para trazer acusações contra o governo dos Estados Unidos. Os demandantes - o Greenpeace ONG e Amigos da Terra e as quatro cidades de Oakland, Santa Monica, Arcata (Califórnia) e Boulder (Colorado) - Duas agências federais criticaram desenvolvimento da América - Overseas Private Investment Corp. e Export-Import Bank - projetos de petróleo e gás no exterior finanças tendo um efeito negativo sobre as alterações climáticas.

"Esta é a primeira vez nos Estados Unidos que a justiça permite que os cidadãos se queixem dos danos causados ​​por projetos industriais que contribuem para o aquecimento global", observa o San Francisco Chronicle. A queixa, apresentada na 2002, pede que as agências infratores, cujos diretores são indicados pelo presidente dos Estados Unidos, "financiem projetos de desenvolvimento de energia alternativa que sejam mais ecologicamente corretos do que os combustíveis fósseis", informa o jornal.

Segundo a denúncia, "O financiamento de projetos de petróleo e gás, incluindo usinas de energia, campos de petróleo, oleodutos e gasodutos, totalizou 32 bilhões em dez anos. Esses projetos são responsáveis ​​pela liberação de mais de 2,1 bilhões de toneladas de dióxido de carbono e metano a cada ano, cerca de 8% do total global e quase um terço das emissões dos EUA. "

fonte


comentários do Facebook

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *